No dia 15 de Novembro foi realizada, em Bruxelas, uma votação no Comité Permanente das Plantas, Animais, Alimentos para Consumo Humano e Animal (SCOPAFF), sobre a prorrogação do uso de glifosato que pela segunda vez não foi conclusiva por não ter sido alcançada a necessária maioria qualificada, ficando a decisão final para a Comissão Europeia.

Assim, a Comissão tem a obrigação legal de tomar uma decisão antes de expirar o prazo para utilização do glifosato no espaço da UE (15 de Dezembro de 2022), isto é, se prorroga ou não a autorização de utilização desta substância activa até que a EFSA publique o seu veredicto definitivo no próximo ano.



17-11-2022

"Informar para Desenvolver + " Operação 2.1.4 Ações de Informação
Ficha de Projecto
©InforCNA 2017 - desenvolvido por Softimbra2, Agroinformática