A ACTUAR, a CNA, a DGADR e a ESAV/IPV concluíram a proposta de “PLANO DE ACÇÃO DA DÉCADA DA AGRICULTURA FAMILIAR” e submetem-na a consulta pública durante o mês de Junho. Após a integração dos contributos, o Plano de Acção será alvo de uma apresentação pública em Julho e entregue ao Governo, para aprovação e condução da sua execução. Documento final é a resposta ao repto lançado pelas Nações Unidas.

A Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou 2019-2028 como a “Década da Agricultura Familiar” das Nações Unidas (UNDFF). Ao mobilizar a comunidade internacional para políticas sociais, económicas e ambientais que fortaleçam e apoiem a Agricultura Familiar em todo o mundo, a UNDFF convidou todos os países a desenvolver Planos de Acção nacionais. 

Em Portugal, a parceria entre a ACTUAR (ONG que defende o Direito Humano à Alimentação saudável), a Confederação Nacional da Agricultura, a Direcção-Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural e a Escola Superior Agrária de Viseu – Instituto Politécnico de Viseu permitiu elaborar uma proposta de “Plano de Acção para a Década da Agricultura Familiar em Portugal” (PADAF). 

Este Plano é o resultado de um trabalho que, desde 2021, envolve agricultores, especialistas, entidades governamentais e instituições com responsabilidade no campo da AF, de forma a construir de forma participativa a proposta de PADAF para Portugal. Para além de reunir os dados estatísticos sobre o sector, o PADAF propõe uma visão para a “Década da Agricultura Familiar” em Portugal, enunciando os sete pilares que requerem atenção e acção. 

Para cada um dos pilares foi desenvolvido um trabalho sistematizado de objectivos, resultados, medidas e metas. São os seguintes os sete pilares: 

Pilar 1 – A Agricultura Familiar nas políticas públicas 

Pilar 2 – Os jovens e a sustentabilidade geracional da AF 

Pilar 3 – A equidade de género e a liderança das mulheres rurais 

Pilar 4 – O conhecimento e representatividade dos agricultores familiares 

Pilar 5 – O bem-estar social e económico dos agricultores e suas famílias 

Pilar 6 – A Agricultura Familiar como fonte de sustentabilidade nos sistemas alimentares resilientes às alterações climáticas 

Pilar 7 – A inovação na Agricultura Familiar ao serviço do desenvolvimento territorial, da biodiversidade, do meio ambiente e da cultura

Para mais informação veja a notícia aqui.




09-06-2022

"Informar para Desenvolver + " Operação 2.1.4 Ações de Informação
Ficha de Projecto
©InforCNA 2017 - desenvolvido por Softimbra2, Agroinformática