Foi reforçada a fiscalização nos matadouros do País, uma vez que alguns funcionam como entrepostos de carne.


A medida, surge depois de ter vindo a público um vídeo filmado na Polónia que revelava que, a par de outros oito países da União Europeia, Portugal recebeu carne de vacas polacas doentes, com feridas e tumores. Esse lote, de 99 quilos, foi apreendido na totalidade e encaminhado para destruição, não chegando aos consumidores portugueses. Dentro da União Europeia, a prioridade era rastrear e retirar do mercado todos os produtos oriundos daquele matadouro.




25-02-2019

"Melhorar a Informação, Promover o Futuro" Operação 2.1.4 Ações de Informação
Ficha de Projecto
©InforCNA 2017 - desenvolvido por Softimbra2, Agroinformática