Arrancou, no dia 25 de Outubro de 2019, a recolha de dados da 2.ª operação estatística de maior dimensão em Portugal. O Recenseamento Agrícola (RA 2019) irá decorrer até ao mês de Maio de 2020.


O Recenseamento Agrícola (RA 2019) abrange todo o território nacional e visa responder a questões tão importantes como: Quantas explorações agrícolas existem, que superfície e quantas parcelas possuem? Quem trabalha na agricultura? Como se distribuem as culturas e os efectivos pecuários? Como se produz e qual o nível de mecanização da agricultura? Onde e como se rega? Que métodos de produção são usados e qual a disseminação de culturas inovadoras?

A este propósito recorde-se que no recenseamento anterior, realizado há dez anos, foram apuradas 305 mil explorações com uma área total que representava 51% da superfície geográfica do país. A população agrícola familiar correspondia a 793 mil pessoas. Nas culturas permanentes, o olival e a vinha representavam quase 3/4 do total.

Esta operação exigiu um longo período de preparação, com a recolha de dados no campo a iniciar-se a 25 de Outubro e a decorrer até Maio de 2020. Mobilizará cerca de 1 650 pessoas entre entrevistadores, técnicos superiores contratados e colaboradores permanentes do INE e terá uma infraestrutura descentralizada distribuída por 42 centros de análise, a nível nacional.
Os resultados serão reportados à Comissão Europeia conforme o regulamento da União Europeia aplicável. O RA 2019 foi objecto de uma resolução específica do Conselho de Ministros (RCM n.º 40/2018).

Para o sucesso desta operação é fundamental a colaboração de todos os agricultores, a quem o INE, desde já, agradece.


25-10-2019

"Melhorar a Informação, Promover o Futuro" Operação 2.1.4 Ações de Informação
Ficha de Projecto
©InforCNA 2017 - desenvolvido por Softimbra2, Agroinformática